HISTÓRIA

por Interlegis — última modificação 20/06/2015 21h17

Todos os importantes debates do Município passam pela Câmara dos Vereadores. Plano Diretor Estratégico, Plano Municipal de Educação, Lei de Diretrizes Orçamentárias entre tantas outras políticas públicas – para não dizer todas – figuram na agenda do Legislativo. E queremos que aumente cada vez mais a participação da sociedade nas reuniões contribuindo nos destinos da cidade de Caraí.
Os 69 anos de existência da Câmara contribuíram para a configuração atual da política caraiense e reúnem episódios que valem a pena ser revisitados.
A origem do Legislativo…
A instituição Câmara Municipal teve sua origem na Antiga Roma, onde o vereador, chamado edil, era o funcionário responsável pela garantia e observância do bem comum. No Brasil, as Câmaras foram introduzidas pelos colonizadores portugueses, e em Caraí começou a funcionar a partir de 1949, tão logo acontece a nossa emancipação política.
A primeira sede da Câmara Municipal de Caraí foi onde hoje é a casa de José Osvaldo de Matos Neiva (Seu ´Nenem das Barreiras´´).
Durante um período a Câmara funcionou junto à sede da prefeitura, onde hoje é a Secretaria de Assistência Social, na praça da Matriz.
Somente em 1971 – 72 no mandato do José Maria Ribeiro (Seu ´´Seu Zé de Cândido´´) foi construída a sede atual.